JUSTIÇA AFASTA POR 180 DIAS PREFEITO DO DEM EM SANTO AMARO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA .

  A casa caiu para mais um, foi determinado o afastamento do prefeito de Santo Amaro Ricardo Machado (DEM) e de seu vice Leonardo Pacheco, os dois são acusados pelo MP de contratar empresa que fornece combustível sem licitação, segundo o MP, o prefeito decretou estado de emergência na cidade só para conseguir contatar a empresa sem necessidade de licitação, como a lei dá direito, mas ainda segundo os promotores tudo não passava de uma armação para priorizar a empresa de sua preferencia, os promotores relataram também que há outro posto de combustível na cidade com preço abaixo da empresa contratada que é Derivados de Petróleo Sergy, o valor do contrato com a referida empresa foi de R$ 1.135,00 milhões.

Nenhum comentário

Não será tolerado comentários com xingamentos ou mesmo palavras ofensivas, opiniões podem ser dadas, mas com moderação e respeito.