BOLSONARO MANDA COMEMORAR O DIA DO GOLPE DE 1964.

26/03/2019
 Só uma mente psicopata pode dizer que o Brasil não sofreu um golpe militar em 1964, o presidente Bolsonaro mandou militares organizar uma comemoração do ano de 1964, ano em que iniciou-se no Brasil o conhecido anos de chumbo, uma ditadura militar sangrenta e assassina que durou entre os anos de 1964 a 1985, de fato vários presidentes passaram pelo poder durante esse tempo, porém todos militares, por isso que se chama de ditadura militar, mesmo assim o autoritário presidente da república Jair Bolsonaro faz questão de não reconhecer os anos de dores que passou os brasileiros que divergiam do regime.
 Bolsonaro em sua mente psicopata, acha que em 1964 os militares com todo seu autoritarismo, salvou o Brasil de um governo de esquerda, em 570 anos de Brasil, a esquerda governou apenas 13 anos, e tudo de ruim ocorrido no Brasil, e depositado na conta da esquerda, é muita falta de coerência e caráter por parte desse governo, que além de não reconhecer as barbárie ocorridas durante a ditadura militar, ainda resolve comemorar os anos de chumbo.
 Até a ala militar do governo se assustou com a atitude de Bolsonaro, pediram prudência ao presidente, se é que é possível alguma atitude prudente vinda de Bolsonaro, o porta voz da presidência tentou amenizar a atitude de Bolsonaro em comemorar o dia do golpe de 64, ele falou que o presidente não ver a tomada do poder pelos militares derrubando João Gulart e fechando o Congresso nacional como um golpe, e sim como uma forma de salvar o país de um governo que segundo ele, ninguém quer mais, se referindo ao governo de esquerda.
TEXTO:Blog Rubens Costa
BOLSONARO MANDA COMEMORAR O DIA DO GOLPE DE 1964. BOLSONARO MANDA COMEMORAR O DIA DO GOLPE DE 1964. Reviewed by Rubens Costa on 08:07 Rating: 5

Nenhum comentário

Não será tolerado comentários com xingamentos ou mesmo palavras ofensivas, opiniões podem ser dadas, mas com moderação e respeito.

ÚLTIMAS NOTICIAS - - URGENTE- Acaba de ser preso em São Paulo o golpista Michel Temer - Bolsonaro envergonha o Brasil nos EUA em show de horrores - Ex-ministro Moreira Franco também foi preso nessa fase da Lava-jato