PREFEITO DE GANDU ACUSA GESTÃO PASSADA DE NÃO PAGAR TERÇO DE FÉRIAS DE SERVIDORES DA EDUCAÇÃO, EX-PREFEITO DIZ QUE PAGAMENTO CABERIA A GESTÃO ATUAL!

 O prefeito de Gandu Leonardo Cardoso, usou as redes sociais essa semana para acusar o ex-prefeito Djalma Galvão de não ter pago o terço de férias dos servidores da educação do município , segundo a prefeitura a lei diz que o valor deve ser pago dois dias antes da vigência, no caso o prefeito Leonardo Cardoso diz que o ex-prefeito Djalma Galvão deveria ter pago o terço das férias dos servidores da educação referente a Janeiro de 2017 até no máximo dia 30 de Dezembro de 2016. O ex-prefeito Djalma também usou as redes sociais em sua defesa, ele disse que o pagamento caberia a atual gestão, isso uma vez que ele não poderia utilizar recursos do orçamento de 2017, ano em que não governava mais o município.
  Ainda segundo o ex-prefeito Djalma Galvão, recursos suficiente foi deixado nas contas do  município, podendo assim ser feito com folga o pagamento dos servidores, por sua vez o prefeito Leonardo Cardoso é um profundo conhecedor de leis, pois o prefeito tem formação jurídica, é um advogado, conhece de leis, mas como se trata também de política, e como diz o ditado popular " No amor é na guerra vale tudo", cabe a população ganduense fazer o juízo correto da situação, mas isso deixando de lado as "paixões" políticas.
PREFEITO DE GANDU ACUSA GESTÃO PASSADA DE NÃO PAGAR TERÇO DE FÉRIAS DE SERVIDORES DA EDUCAÇÃO, EX-PREFEITO DIZ QUE PAGAMENTO CABERIA A GESTÃO ATUAL! PREFEITO DE GANDU ACUSA GESTÃO PASSADA DE NÃO PAGAR TERÇO DE FÉRIAS DE SERVIDORES DA EDUCAÇÃO, EX-PREFEITO DIZ QUE PAGAMENTO CABERIA A GESTÃO ATUAL! Reviewed by Rubens Costa on 08:01 Rating: 5

Nenhum comentário

Não será tolerado comentários com xingamentos ou mesmo palavras ofensivas, opiniões podem ser dadas, mas com moderação e respeito.

ÚLTIMAS NOTICIAS - - URGENTE- Acaba de ser preso em São Paulo o golpista Michel Temer - Bolsonaro envergonha o Brasil nos EUA em show de horrores - Ex-ministro Moreira Franco também foi preso nessa fase da Lava-jato