Hospital de Gandu João Batista Assis inicia protocolo de atendimento humanizado e prioritário a pacientes em situação de risco.

O hospital municipal de Gandu João Batista Assis começou no início deste mês a realizar um atendimento mais humanizado a população. Agora, quem chega à unidade hospitalar em busca dos serviços médicos, passa por uma triagem com acompanhamento de um enfermeiro (a), que faz as primeiras avaliações e encaminha todos os casos para atendimento médico, conforme a classificação de risco clínico e não por ordem de chegada. O paciente que necessitar de atendimento médico deve se dirigir ao hospital, com documento de identificação e cartão do SUS para o cadastramento na recepção.
De acordo com a secretaria da saúde do município, este tipo de atendimento prioritário segue determinação do Ministério da Saúde, através de orientações do Protocolo de Manchester (que classifica os doentes por grau de risco, após uma triagem baseada em sintomas, de forma a representar a gravidade e o tempo de espera para cada paciente).
Segundo a diretora de Gestão Hospitalar, Cauanna Santos o objetivo é dar mais agilidade e segurança aos pacientes. “Queremos garantir atendimento a todos os usuários e acima de tudo um atendimento humanizado”, destacou Cauanna.
Para o prefeito Leonardo Cardoso o atendimento humanizado é uma prioridade em seu governo. “Todo cidadão deve ser respeitado e tratado com atenção, no nosso governo vamos atender cada pessoa como ela merece, com dignidade e humanidade, seja no hospital ou em qualquer setor do governo”, destacou o Léo.

Nenhum comentário

Não será tolerado comentários com xingamentos ou mesmo palavras ofensivas, opiniões podem ser dadas, mas com moderação e respeito.