"LIVRE COMÉRCIO COM O MUNDO SEM VIÉS IDEOLÓGICO" SERÁ MESMO?

 Bolsonaro não esconde seu desejo eminente de lamber as botas de Donald Trump, diante da clara submissão a bandeira americana, o presidente eleito do Brasil, poe em risco a maior parceria comercial que o Brasil tem, desde 2009, a China representa a nossa maior parceria comercial, mas como aquele país ainda preserva o regime comunista, Bolsonaro já sinaliza romper e se distanciar da nossa maior parceria comercial, cadê aquele discurso de que "Queremos livre comercio com o mundo todo, sem viés ideológico?" portanto mais um estelionato eleitoral de Bolsonaro.

Nenhum comentário

Não será tolerado comentários com xingamentos ou mesmo palavras ofensivas, opiniões podem ser dadas, mas com moderação e respeito.